|
|
 
Após quatro anos em reforma, Hospital Florianópolis é inaugurado

Após quatro anos de reformas, o governo de Santa Catarina inaugurou na manhã desta terça-feira (21) o Hospital Florianópolis. O prédio tem três andares, pronto-atendimento, emergência, 50 leitos e centro cirúrgico com três salas. O hospital, localizado no Bairro Estreito, começa a receber os pacientes a partir das 19h desta terça (21).
 
A reforma do hospital começou em 2009 e ao longo de todo esse período o governo do estado deu vários prazos pra reinauguração. A última promessa era de que o prédio seria reaberto na primeira quinzena de janeiro e mesmo assim, ainda houve atraso. “O problema do ar-condicionado que, na hora em que foi feito o teste final, ele deu um vazamento em uma região que tinha gesso, então nós tivemos que recuperar isso. Por isso, atrasou alguns dias”, explicou o governador do estado, Raimundo Colombo.
 
Toda a estrutura da unidade de saúde foi envolvida na reforma, o que inclui emergência, segundo e terceiro pavimentos. Os investimentos totalizam R$ 12,8 milhões, sendo R$ 7,8 milhões em obras e R$ 5 milhões em equipamentos, segundo o governo.
 
Nesta terça (21), a entrega do hospital reuniu autoridades e moradores da capital. A unidade passa a contar com 50 leitos de internação, 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), centro cirúrgico com três salas, além de quatro leitos de recuperação pós-anestésica e leitos de observação adultos e infantis. Conforme o governo, a meta é atender 5 mil pessoas todos os meses.
 
Com o funcionamento desta unidade, a expectativa é reduzir as filas em outros hospitais da região. “Sem sombra de dúvidas, ele vai contribuir. Eu não diria que ele vai zerar porque é mais uma unidade e a nossa expectativa é que ele venha reduzir significativamente o atendimento do nosso grande Hospital Regional de São José”, afirmou a secretária de Saúde do estado, Tânia Eberhardt.
 
A unidade atende a nove municípios: Florianópolis, São José, Palhoça, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Governador Celso Ramos, Antônio Carlos, Águas Mornas e São Pedro de Alcântara. O hospital oferecerá atendimento em clínica médica, pediatria e clínica cirúrgica e ortopédica de média e alta complexidade. E será referência em atendimento de ortopedia, conforme o governo.
 
O Hospital Florianópolis será administrado pela Organização Social Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), a mesma do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O atendimento será 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A partir de março, ainda haverá contratações, conforme a diretora do SPDM, Sirlene Dias Coelho. O número final de funcionários será de 590 dentre os quais 165 médicos e 225 enfermeiros, segundo o governo do estado.
 
Após a reinauguração do hospital, a antiga emergência vai ser desativada. E esta área deve ser usada pra ampliar as instalações. O projeto já está em andamento. “Vai ser construída uma nova torre para ele ter um nível de leitos compatível com todo o serviço que vai prestar”, informou o governador do estado, Raimundo Colombo.
 
Fonte: G1 SC
 

 
 
  
 
 
 
     Galeria de Fotos
 
                         
 
 
 
Jornal SBOT-SC
Edição: Dezembro 2018

 
  
       
 
       
                                                                                                                                              
Links Úteis
 
 
 
"Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Regional Santa Catarina"
Rodovia SC 401 km 4, no3854, Saco Grande, Florianópolis/ SC | 48 3231.0329 | 48 9125.7669